Uma boa idéia...e não é 51 (IDNT3)!!!!

às 8:37 AM Posted by Investmaníacos under

Olhem o gráfico diário acima, da Ideasnet ON (IDNT3), empresa do setor de tecnologia.

Há 1 ano atrás conversamos sobre esta ação e compramos a R$3,00. Não tivemos paciência e olhem onde ela está agora...R$ 9,40 no fechamento de ontem.

Achamos que ela está preparando uma nova "agulhada" (alta forte).

O volume tem aumentado nos último 2 dias....

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Petrobrás, o orgulho do brasileiro (PETR4)

às 8:35 AM Posted by Investmaníacos under

Ontem a nossa querida PETR4 finalizou o dia fechando o primeiro gap em torno de R$ 71,00.

Hoje, se fechar o segundo gap em R$ 68,35, conforme indicado no gráfico diário acima, poderá ser uma boa oportunidade de compra.

Para aqueles que gostam de emoções fortes, uma opção da série K poderá ser interessante.

OBS: ah, você não sabe o que é opção????. Os Investmaniacos estão preparando um marcador sobre este assunto para a próxima semana....

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem
Os detalhes da oferta inicial de ações da BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros) ainda estão sob análise na CVM (Comissão de Valores Mobiliários), mas a expectativa em torno da operação cresce a cada dia. Ainda mais depois da estréia histórica das ações da Bovespa Holding.

Lançados na última sexta-feira (26) no mercado, os papéis da bolsa de valores atingiram a maior variação no primeiro dia de negociação da história, com uma alta de 52%. Os números de negócios e de captação também foram recordes.

Bolsas brasileiras

(em R$ milhões)

2006

BM&F

Bovespa Holding

Receita líquida

389,941

434,751

Resultado operacional

154,930

188,986

Margem operacional (%)

39,7%

43,5%

Lucro líquido

197,625

274,046

Fonte: Prospectos de distribuição pública de oferta de ações

Demanda em alta

Para Paulo Portinho, gerente do INI (Instituto Nacional dos Investidores), a oferta de ações da BM&F sairá no "mesmo nível de vontade da IPO da Bovespa". Segundo ele, a demanda dos investidores pessoas físicas tende a aumentar depois do desempenho alcançado pela Bovespa.

A BM&F é a quarta maior bolsa de futuros do mundo em termos de contratos negociados. O desempenho da bolsa brasileira supera, inclusive, o da Nymex (New York Mercantile Exchange), onde são negociados contratos futuros de petróleo.

Portinho alerta, porém, que a expressiva valorização de 50% alcançada pela Bovespa na estréia dificilmente será atingida na oferta da BM&F porque os coordenadores poderão corrigir a diferença entre o preço inicial e o negociado na abertura.

A recente abertura de capital da Nymex, contudo, mostra o apetite dos investidores para as ofertas de bolsas de futuros. As ações da companhia subiram 125% na estréia realizada em 17 de novembro de 2006 chegando a US$ 132,99.

Posição

Bolsas de Futuros

Contratos Negociados (milhões)*

Chicago Mercantile Exchange (CME)**

856,890

Eurex Deutschland (Eurex)

452,018

Euronext

217,300

Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F)

159,524

New York Mercantile Exchange (Nymex)

111,320

National Stock Exchange of India (NSE)

102,793

*Entre janeiro e maio ** Considera a fusão da CBOT com a CME

Consolidação global

O setor de bolsas no mundo passa por um evidente processo de consolidação. A todo o momento, novas alianças e aquisições são anunciadas. Uma das maiores e mais recentes foi a fusão da Nyse com a Euronext. O grupo compreende mercados na Bélgica, França, Holanda, Portugal, Reino Unido, além dos EUA.

A própria BM&F traça como uma das principais estratégias de negócios a busca de novas alianças e parcerias. "Pretendemos aproveitar possíveis oportunidades de expansão das nossas atividades por meio da formação de parcerias ou alianças estratégicas que nos auxiliem na competição por novos mercados", diz a bolsa no prospecto.

Alinhada com este cenário, a bolsa já alienou 20% do seu capital logo depois da desmutualização. Em transação que envolveu o montante de R$ 1 bilhão, a bolsa vendeu 10% do capital para a General Atlantic LLC.

Além disso, anunciou uma sociedade na qual o CME Group vai adquirir cerca de 10% das ações da BM&F pelo valor de R$ 1,3 bilhão, em troca de uma participação de aproximadamente 2% no CME Group.

"A abertura de capital abre a possibilidade de ligações com bolsas internacionais", afirma Luis Martins, consultor da Value Consultoria, especializada em fusões e aquisições. Segundo ele, a bolsa ainda tem muito potencial de crescimento nos contratos agrícolas, porque poucas operações são realizadas com o hedge dos contratos futuros.

Fonte


InfoMoney em 29/10/07

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Um pouco de história...( Bovespa)

às 12:37 PM Posted by Investmaníacos under

Nossa origem remonta a 1890, quando foi criada a Bolsa Livre. A partir da década de 1960, assumimos a característica institucional de bolsa de valores, mutualizada, sem fins lucrativos.

Em 1990, introduzimos em paralelo ao pregão a viva-voz a negociação eletrônica com terminais remotos instalados nas dependências das corretoras-membro.

Em 1997, trocamos nosso sistema eletrônico de negociação pelo Mega Bolsa, um avançado sistema desenvolvido pela então Bourse de Paris (hoje Atos Euronext Market Solutions) e, em 1999, lançamos o Home Broker, uma ferramenta de acesso remoto para investidores individuais através da Internet.

Em 1997 foi instituída a CBLC, como companhia responsável pelos serviços de Depositária e pela liquidação e compensação das operações realizadas em nosso mercado de bolsa e MBO.

Em 2000, com o objetivo de concentrar toda a negociação de ações do Brasil em uma só bolsa, foi implementado o programa de integração com as oito demais bolsas de valores brasileiras, passando a BVSP (à época BOVESPA) a ser o único mercado de bolsa para negociação de renda variável no Brasil acessado por sociedades corretoras de valores de todo o País. Neste processo de integração adquirimos, por meio da CBLC, a CLC (Companhia de Liquidação e Custódia), então responsável pelos serviços de liquidação e custódia dos valores mobiliários negociados na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro. Ainda naquele ano, lançamos os três segmentos especiais de listagem com práticas superiores de governança corporativa: Nível 1, Nível 2 e o Novo Mercado.

Em setembro de 2005, encerramos a realização de negócios por meio do pregão viva voz e passamos a ser um mercado totalmente eletrônico.

Em 28 de agosto de 2007, o nosso processo de Desmutualização foi aprovado (ver "Nossas Atividades– Reorganização Societária" constante da página 166 deste Prospecto).

Fonte

Informações retiradas do Prospecto Definitivo da Bovespa Holding, do site da CVM (Comossão de Valores Mobiliários). Para acessar o prospecto completo no site da CVM, clique aqui.

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

A BM&F foi fundada em julho de 1985, como uma associação civil sem fins lucrativos, tendo iniciado seus pregões em janeiro de 1986. Ao longo de nossa história, desempenhamos importante papel na consolidação dos principais mercados brasileiros de negociação de futuros, commodities e outros ativos.

Em 1991, celebramos acordo operacional com a Bolsa de Mercadorias de São Paulo (BMSP), tradicional bolsa de commodities fundada em 1917, dando origem à Bolsa de Mercadorias & Futuros-BM&F, nossa atual denominação.

Em 1997, celebramos acordo com a Bolsa Brasileira de Futuros (BBF), absorvendo importante competidor que conduzia suas atividades na cidade do Rio de Janeiro. Em 2002, adquirimos participação majoritária na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ), ampliando nosso espaço estratégico de atuação.

No mesmo ano, completamos as importantes reformas decorrentes da implantação do novo Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e iniciamos as atividades de nossa Clearing de Câmbio. Ainda naquele ano, lançamos a Bolsa Brasileira de Mercadorias, que reúne, além da participação majoritária da BM&F, as bolsas de mercadorias dos estados de Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul e da cidade de Uberlândia (MG), com o intuito de formar um grande mercado nacional para as commodities agropecuárias.

Em 2004, foram iniciadas as operações de nossa Clearing de Ativos e o CMN autorizou as bolsas de futuros a constituir banco comercial para desempenhar funções de liquidante e custodiante central, prestando serviços às bolsas e aos agentes econômicos responsáveis pelas operações nelas realizadas. Com isso, demos início ao processo de criação do Banco BM&F, que começou a operar em novembro do mesmo ano.

Iniciamos, em 2007, nosso processo de Desmutualização, preparando a BM&F para a abertura de capital.

Somos uma companhia desmutualizada e com novo Estatuto Social, que incorpora sólidas práticas de governança corporativa e nossa nova estrutura societária, conforme aprovadas pela Assembléia Geral da BM&F realizada em 20 de setembro de 2007.

Desde 1º de outubro de 2007, somos uma sociedade por ações com fins lucrativos e os nossos negócios passaram a ser conduzidos visando o benefício no longo prazo de nossos acionistas. Por meio da Desmutualização, os direitos patrimoniais dos nossos antigos associados foram desvinculados dos Direitos de Acesso, e convertidos em participações acionárias

(.....)

Em 20 de setembro de 2007, celebramos com a General Atlantic, por meio de uma sociedade por ela controlada, contrato para que a General Atlantic (ou um veículo do grupo) adquira ações de nossos acionistas equivalentes a 10% de nosso capital social, pelo preço de aquisição de até R$1 bilhão. A General Atlantic é uma empresa global de private equity que disponibiliza capital e investimentos estratégicos para empresas em processos de consolidação e crescimento. Nos últimos anos, a General Atlantic construiu histórico consistente relacionado a investimentos bem sucedidos na indústria de serviços financeiros. Entre os investimentos que se destacam estão a National Stock Exchange of India, Saxo Bank A/S, NYSE Euronext, New York Mercantile Exchange, Computershares, RiskMetrics, Net 1 e E*TRADE.

Fonte

Informações retiradas do Prospecto Preliminar da BM&F, do site da CVM (Comossão de Valores Mobiliários). Para acessar o site da CVM e visualizar o prospecto preliminar completo, clique aqui.

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Agora vai aos 70.000 (Ibovespa)????

às 8:26 AM Posted by Investmaníacos under

Contrariando nossas expectativas ao final da semana passada, o Ibovespa bateu novo recorde!!!!

Esta semana não temos dúvida: vai bombar!!!!

Claro que pode ser que ocorra uma leve queda, mas nada irá mudar a tendência enquanto o Ibovespa estivar no canal de alta do gráfico diário acima.

Vamos ver até onde vai, mas estamos otimistas e apostando na casa dos 70.000 pontos até o final do ano...

Não esqueçam que esta semana é mais curta, não teremos pregão na sexta-feira. Porém, as ADR´s brasileiras continuam sendo negociadas nos EUA....aí poderemos ter surpresas positivas ou negativas na segunda-feira, dia 05/11. Pela nossas observações, as ADR´s tem apresentado bom desempenhos nos feriados brasileiros...

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

O Dow Jones está querendo voltar

às 8:22 AM Posted by Investmaníacos under

O índice Dow Jones, após alguns dias de queda, está com uma figura interessante, querendo mostrar nova oportunidade de alta.

Se isto acontecer, com certeza teremos mais uma confirmação que a o Ibovespa deverá alcançar níveis maiores.

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Sites interessantes

às 7:03 AM Posted by Investmaníacos under



Mais um site interessante para o investidor que procura por informações, cotações, forum e notícias.

Um site excelente, apenas alertamos para o forum. Cuidado, porque ali é local de emoção, discussão e troca de opiniões, não sendo o local mais apropriado para busca de informações sobre compra e venda de ações.

Para acessar este site, clique aqui.
Links para esta postagem

Essa é de aço (USIM5)!!!

às 1:02 PM Posted by Investmaníacos under

É uma ação com tendência de alta de longo prazo.

Está caindo há alguns dias, mas para subir é um raio!!! Passando a média 21 dias em R$ 133,00, pode voltar ao topo anterior em R$ 140,00

E pensar que não segurarmos esta ação aos R$ 50,00, a dois anos atrás...

Paciência...este é o nome do jogo!!!

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Tá chegando o Natal (LAME4)!!!!

às 12:38 PM Posted by Investmaníacos under

Como estamos nos aproximando do Natal, olhar para as ações do setor de varejo é interessante.

Para nós, Lojas Americanas é uma excelente opção, talvez a melhor...

Ela está acumulando na faixa dos R$ 17,00 a R$ 19,00. Passando esta resistência, é provável que ela ande.

Aí, quem sabe, chega aos R$ 21,00, depois R$ 22,00, e quem sabe vai aos R$ 25,00!!!!

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Será a hora de Tecnisa (TCSA3)????

às 1:00 PM Posted by Investmaníacos under

Achamos que esta ação poderá subir rapidamente até os R$ 12,70.

 

Aparentemente fez um fundo duplo nos R$ 9,80, com aumento de volume nos últimos 2 dias.

 

Os indicadores estão baixos e uma reação é possível para os próximos dias.
 
OBS: Vejam o que escrevemos de ABYA3, que já subiu uns 15% desde que comentamos aqui.Hoje já bateu os R$ 26,98!!!!

 

Agora, 12h e 55min, de quarta-feira, 24/10/2007, a ação está subindo 1,06%, cotada a R$ 10,50.

 

Investmaniacos (por e-mail).

Links para esta postagem

O Porto pode ser seguro (PSSA3)!!!

às 12:54 PM Posted by Investmaníacos under

Achamos que existe uma simetria entre a situação atual e a anterior, em 2006.

 

Talvez seja uma boa opção para ter em carteira e "sentar em cima".

 

É uma excelente empresa, líder em um ramo que está crescendo no Brasil, o de seguros.

 

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Tá forte mesmo (Ibovespa)!!!!!

às 12:42 PM Posted by Investmaníacos under

Depois de testar a média 21 dias e aliviar os indicadores diários, o Ibovespa volta a subir.

Agora, 12h 40 min, com alta de aproximadamente 2,22%.

Aparentemente a semana está começando diferente do que prevíamos.

Mas falar de alguma coisa neste mercado é arriscado. Não podemos esquecer que a semana só está começando....

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Dow Jones suportando...

às 12:40 PM Posted by Investmaníacos under

Depois de atingir ontem os 13.400 pontos, sem testar efetivamente o suporte do canal de alta, porém com IFR já aliviado, o Dow voltou a subir.

Agora, 12h e 37min, do dia 23/10/07, está subindo 0,48%.

Mas será que está nova alta se sustenta???? Veremos....

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

É 1.000.........

às 8:22 PM Posted by Investmaníacos under
Pessoal,

Hoje, um dia antes de nosso blog completar 1 mês desde a sua criação, estamos muito felizes, pois nosso blog atingiu a marca de 1.000 acessos !!!!

Sinceramente, não esperávamos que em tão pouco tempo atingiríamos tal marca. Claro, sabemos que se compararmos este número a outros blogs, talvez o mesmo seja irrisório, mas, não importa, estamos felizes e entendemos que estamos no bom caminho, ou seja, a tendência é de que o blog fique conhecido entre a comunidade de "blogueiros investidores" e internautas que buscam informação sobre o mercado e ações, e, com isso, continue crescendo e conquistando mais espaço na rede.

Queremos também, agradecer àqueles que acessam nosso blog frequentemente em busca de informação, opinião e troca de experiências, pois, desta forma, acabam nos incentivando a continuar divulgando nossas idéias sobre o assunto.

Pedimos, que sempre que possível, mande sua opinião por e-mail, ou deixe um comentário em nossa página. Isto é muito importante para nós.

Obrigado e bons negócios para todos !!

Investmaníacos

Links para esta postagem
O que falar desta queda de 3,74%???

O que estávamos falando a algumas semanas...que o Índice Ibovespa estava esticado e deveria passar por um ajuste.

Achamos que só começou este ajuste...

Apesar de não ser uma boa notícia...não é de toda ruim, porque quando a bolsa cai, abre espaço para novas altas posteriores.

Como tivemos uma recuperação muito rápida na última baixa, não sabemos o que esperar...

Achamos que o Índice deverá cair um pouco mais. Acreditamos que até os 58.000 pontos, quando poderá iniciar um novo processo de alta, com os indicadores diários aliviados.

Investmaniacos
Links para esta postagem

Será que cai até 13.300 Pontos (Dow Jones)

às 6:14 PM Posted by Investmaníacos under

Olhem a queda do Dow Jones...2,46% na sexta-feira, perdendo os 13.700 pontos com facilidade...

Na quinta-feira comentamos que o Dow poderia ceder até os 13.700, mas passou batido por este número!!!!

Achamos que agora deverá ir até os 13.300 pontos, onde poderá achar um suporte no fundo do canal de alta. Até perder este suporte, a tendência de alta está mantida.

Achamos que nesta semana deveremos passar por fortes emoções...

Investmaniacos


Links para esta postagem

Petrobras pode cair mais...(PETR4)

às 6:03 PM Posted by Investmaníacos under

Com queda de 5,97%, fechando a R$ 63,00, o último pregão da semana demonstrou o inicio da queda da Petrobras. Mesmo assim, com quase 6% de queda, ela não passou a linha de suporte do canal menor de alta.

Até onde vai esta queda não sabemos, mas acreditamos que até pelo menos R$ 56,00, quando os indicadores estarão aliviados e prontos para uma nova alta.

Não podemos esquecer que desde a sua última baixa, a Petro subiu rapidamente, sem muita acumulação. Logo, tudo pode acontecer!!!

Se olharmos nossas postagens anteriores sobre PETR4, podermos ver que historicamente ela não tem se afastado da média 200 dias, linha em azul no gráfico diário acima.

Investmaniacos
Links para esta postagem

MEDI3 querendo melhorar do estado de coma!!!

às 9:13 AM Posted by Investmaníacos under

A Medial Saúde, após bater na máxima de R$ 35,00, voltou aos seus preços de lançamento.

Ontem ela iniciou uma pequena recuperação.

Se passar a linha de baixa poderá rapidamente atingir os R$ 27,00. Ontem seu volume melhorou.

É uma aposta para os próximos dias. Veremos...

Investmaniacos (por –email)

Links para esta postagem

Olhem a ABYA3!!!

às 9:11 AM Posted by Investmaníacos under

A Abyara alcançou a média 200 dias, em azul, e está tentando achar seu fundo.

Nos últimos pregões não se afastou muito dos R$ 23,00. Neste preço, está mais de 10% abaixo de sua média 21 dias.

Acreditamos que, para posicionamentos de longo prazo, é uma interessante ponto de compra, visto que a máxima do papel foi R$ 38,00.

Investmaniacos (por –email)

Links para esta postagem

Operação Tapa-Buraco (CCRO3)

às 9:09 AM Posted by Investmaníacos under

Foi só falar na criatura ontem ao meio-dia que ela resolveu subir!!!

Será que hoje ela chega nos R$ 33,00???

Assim esperamos, porque já estamos comprados em preços maiores...

Investmaniacos (por –email)

Links para esta postagem

É o Banco do Brasil (BBAS3) !!!!

às 12:56 PM Posted by Investmaníacos under

Banco do Brasil é sempre um papel interessante...

Nestes níveis, pode voltar rapidamente até os topos. A melhor compra será entre R$ 27,60 e R$ 26,80.

Talvez em poucos dias atinja estes níveis, o que é um excelente ponto de entrada para posições de longo prazo.

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

Vai fechar o Buraco (CCRO3)???

às 12:52 PM Posted by Investmaníacos under

Olha a CCRO3 aí gente....

Ontem bateu nos R$ 29,00, comentados na nossa postagem anterior.

Vamos acompanhar este papel porque, se acumular nestes preços, em torno de R$ 30,00, deverá voltar rapidamente até o gap (buraco) em R$ 36,00.

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

De olho no DOW JONES

às 12:50 PM Posted by Investmaníacos under

Achamos interessante neste momento analisarmos o Índice Dow Jones, o mais importante índice acionário do mundo.

Mas por quê ????

Bem, porque neste momento, onde o Índice Ibovespa aparenta não cair, mesmo estando esticado, temos que prestar a atenção em alguns fatores.

Sabemos que historicamente o Ibovespa acompanha Wall Street, então poderemos, talvez, antecipar algum movimento. E é importante frisar, quem sabe do futuro é o homem lá de cima...

O Dow Jones já apresentou alguma baixa, atingindo a média de 21 dias. Agora, às 12h e 30 min da quarta-feira, dia 18/10/07, está recuando 0,07%, cotado a 13.883 pontos, alguns pontos abaixo da média.

Acreditamos que o índice, resistindo sobre a média de 21 dias, com o IFR já aliviado em 48, poderá fazer novas máximas em breve.

Uma queda até os 13.700 pontos não é descartada, o que seria normal e saudável para o índice, sem mostrar sinais de modificação da tendência de alta.

Se o índice Dow Jones cair até o nível citado acima, provavelmente a Bovespa alcançará os 59.000 pontos
Investmaniacos (por e-mail)
Links para esta postagem

Initial Public Offering (IPO)

às 12:52 PM Posted by Investmaníacos under

Uma IPO, sigla em inglês para Initial Public Offering, significa "Oferta Pública Inicial". É o mecanismo através do qual uma empresa abre seu capital e passa a ser listada na Bolsa de Valores.

Em outras palavras, é a abertura do capital de uma empresa, que realiza uma oferta pública inicial - seja de ações, units ou certificados de depósitos de ações - e passa a ser uma companhia de capital aberto com ativos negociados na bolsa.

Antes desta abertura de capital, a empresa possuía capital fechado, com número limitado de acionistas e sem ativos negociados na bolsa.

Oferta primária e secundária

Outro ponto que gera dúvidas é a diferença entre uma oferta primária e uma oferta secundária de ações.

Uma oferta primária corresponde à emissão de novas ações, ou seja, a base acionária da empresa aumenta. Ao vender novas ações ao mercado, os recursos obtidos com esta operação são embolsados pela empresa.

Já a oferta secundária não implica no lançamento de novas ações, de forma que o montante total de ações que constitui o capital social desta empresa continua o mesmo. Este tipo de transação representa a venda de ações que estão em posse dos acionistas atuais da empresa para novos acionistas. Deste modo, os recursos obtidos pela oferta não são direcionados para a empresa, e sim para os acionistas vendedores.

Bookbuilding (livro de ofertas)

De maneira bem simplificada, bookbuilding é a operação na qual o coordenador da oferta avalia, junto aos investidores, a demanda pelos papéis que estão sendo ofertados.

Baseado na avaliação da empresa e das condições de mercado, o coordenador da oferta determina um intervalo inicial para o preço de lançamento destes papéis. O próximo passo do coordenador é entrar em contato com investidores institucionais (como gestores de recursos, fundos de pensão, seguradoras e outros) e verificar se estes estão interessados na oferta e quanto estão dispostos a pagar por cada papel.

Cada investidor indica, formal ou informalmente, quantos papéis deseja comprar e qual preço está disposto a pagar. O coordenador tabula estas informações por ordem crescente de preço, de forma a obter qual seria a quantidade acumulada a determinado preço ao atingir o número de papéis que estão sendo ofertados.

Rateio


Junto ao resultado do bookbuilding, anuncia-se o
rateio da oferta, procedimento que deve ser feito caso a demanda supere a quantidade de ações ofertadas.

Quando é necessário realizar o rateio das ações distribuídas, o valor que o investidor reserva na oferta não é atendido integralmente, ou seja, ele leva menos papéis do que desejava.

Todas estas informações constam no prospecto

Todas as informações referentes a uma oferta, como o número de ações que serão distribuídas, se a oferta é primária e/ou secundária, qual é o intervalo de preço que o coordenador da oferta estima, os procedimentos do bookbuilding, os critérios de rateio, entre outros, constam no prospecto da oferta.

O prospecto nada mais é do que o documento que contém todas as informações necessárias para que os investidores possam avaliar os termos da oferta, os números financeiros e operacionais da empresa e os fatores de risco desta oferta. A recomendação é que o investidor sempre leia atentamente o prospecto antes de decidir se investe ou não nestas ações.

Fonte de Pesquisa


Infomoney em 09/10/07

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem

A crise de 1987 assustou os norte-americanos. Até aqueles que não investiam na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE). A segunda-feira, 19 de outubro, também chamada de " black monday, registrou a maior queda do índice Dow Jones em apenas um dia, impressionantes 22,6%.

Mas, de lá para cá, o que mudou? Os mercados aprenderam alguma lição? Antes de responder às perguntas, vamos as causas daquele grande tropeço, que chegou a ser duas vezes maior do que a maior desvalorização diária da crise de 1929.

Uma coisa parece certa, crises financeiras não são coisas do passado, como se pensava à época. Depois daquele final de década, outros grandes soluços tiraram o sono dos investidores, como a crise do subprime que, entre agosto e setembro deste ano, trouxe dias e semanas de pânico.

"O fascinante é que vinte anos depois, nós ainda não sabemos muito mais sobre as causas da crise do que sabíamos quando ela aconteceu", escreveu Matthew Rees em artigo recente na revista The American.

Empresa

Variação (US$)

General Eletric

50 para 41

AT&T

30 para 24

Exxon

44 para 33

IBM

134 para 103

Eastman Kodak

89 para 63

Fonte: The American Magazine

O porquê

A frase de Rees documenta um sentimento que também é sentido por outros profissionais do mercado, entre eles o ex-chairman do Banco Central norte-americano (Federal Reserve), Alan Greenspan, como revela em seu recente livro de memórias. O economista havia assumido o comando Fed apenas algumas semanas antes.

Duas hipóteses são citadas para explicar o movimento. A primeira é o mercado futuro. "Os contratos futuros no índice S&P 500 eram praticamente novos. Conforme as ações caíam, alguns venderam os seus contratos - e a queda deles levou a uma tombo maior ainda nas ações", avalia Robert J. Samuelson, colunista da Newsweek e do Washington Post.

Outro fato também é apontado como causador da queda. "O que ocasionou a queda do dia 19 de outubro ninguém sabe ao certo. A causa mais citada é a venda automática acionada por programas de computador", afirmam os analistas Joachim Klement e Thomas Wacker do banco de investimentos UBS em relatório publicado recentemente.

O banco, contudo, lembra que as quedas também foram verificadas em mercados que não contavam com os referidos programas de computador. "Portanto, os eventos foram causados pela combinação entre program trading, enxugamento da liquidez e pânico", mostram os analistas.

O que mudou?

Para o CIO (Chief Investment Officer) da Clearbook Financial, uma casa de investimentos nos EUA que administra aproximadamente US$ 10 bilhões, Tom Sowanick, os investidores têm prestado pouca atenção nas mudanças da composição do mercado de ações e a conseqüente alteração da fonte do risco.

"O que chamou a minha atenção quando eu estava olhando a performance dos mercados na última semana, foi que 4 das 10 maiores variações da NYSE eram empresas chinesas", afirma Sowanick. Há vinte anos atrás, nenhuma ação chinesa era negociada, e apenas 5 ADRs (American Depositary Receipts). Três britânicos e dois japoneses.

Nos últimos cinco anos, 50 ADRs chegaram ao mercado, sendo que onze eram chineses. "O antigo ditado 'os EUA espirram e o resto do mundo pega um resfriado' é menos relevante hoje do que era em 1987", diz o analista. Segundo ele, o que acontece hoje é: "Quando a China espirra, os EUA podem ser um dos que pegarão o resfriado".

Com o crescimento da participação dos emergentes nos mercados internacionais, especialmente os países que compõem o BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), "é bem possível que os mercados estrangeiros sejam os causadores de uma nova experiência de outubro de 1987".

Fonte

InfoMoney em 17/10/07

Investmaniacos (por e-mail)

Links para esta postagem