BRTP3 e sua OPA

às 1:09 PM Posted by Investmaníacos under


O leitor Thiago, em seu e-mail do dia 30/06/09, solicitou uma análise da BrasilTelecom Participações ON (BRTP3) e questionou se poderíamos explicar porque aconteceu uma queda “tão violenta” do papel, como mostra o seu gráfico diário acima.

Começamos respondendo a pergunta: o que aconteceu com a ação para ela despencar ?!?!?!

Em um caso como esse, e vale como dica aos leitores, devemos verificar no site da Bovespa (campo empresas listadas) se ocorreu algum fato relevante ou algo do gênero com a ação de nosso interesse.

Neste caso, ao consultarmos o site da Bovespa, verificamos que ocorreu um fato relevante com a BRTP3: uma OPA (Oferta Pública de Aquisição) no dia 23/06/09, realizada pela Telamar, em virtude da compra da BrasilTelecom.

Quando a empresa A adquire a empresa B (com ações negociadas na Bovespa), dependendo do estatuto social e nível de governança corporativa da empresa B, a empresa A é obrigada a fazer uma oferta aos acionistas minoritários, pagando X% do preço pago aos acionistas majoritários.

No caso específico da BRTP3, a Telemar realizou dia 23/06/09 um leilão de aquisição destas ações, até a totalidade das ações em circulação no mercado, pagando um preço relativo a 80% do preço pago aos acionistas majoritários. Segundo o prospecto da oferta, isso significava R$ 61,63.

Quem quiser acessar o prospecto desta oferta e conhecer os detalhes deste processo, clique aqui.

Assim, até a data do leilão, a ação oscilou na expectativa do leilão, tendo como preço-alvo o preço anunciado no edital da OPA, 30 dias antes da data de realização do leilão.

No dia do leilão a ação oscilou entre R$ 62,00 e aproximadamente R$ 65,00.

No dia seguinte ao leilão, dia 24/06/09, quando a ação começou a despencar (ver gráfico diário acima), a ação passou a oscilar conforme as pressões de compra e venda do mercado.

Ou seja, quem vendou suas ações no leilão vendeu por um preço próximo aos R$ 61,63. Quem não vendou, ficou com a ação na mão, sendo obrigado a vender conforme a velha e boa lei da oferta e da procura. Logo, os preços despencaram!!!

Bem, depois de toda esta explicação e de sabermos deste fato relevante, é complicado fazer uma análise gráfica olhando o gráfico diário. Então vamos ao gráfico semanal.


Como mostra o gráfico semanal acima, ao despencar por duas semanas seguidas, após sua OPA, a ação atingiu sua antiga linha de tendência de alta e seu antigo suporte na faixa dos R$ 30,00.

Olha a análise gráfica mostrando suas coincidências...

Agora está tentando parar de cair e se sustentar neste nível. Se não parar, deverá testar seu suporte semanal em R$ 20,00

Resistência na zona dos R$ 40,00

Um grande abraço a todos,

Investmaníacos, 07 de Julho de 2009.

1 comentários:

On 9 de julho de 2009 13:58 , Thiago Moraes disse...

Muito obrigado pela explicação,
a partir de então começarei a prestar muito mais atenção nessas coisas e não apenas a me empolgar pelo gráficos..

basta o prejuízo de 150 reais que tomei com essa "bomba"

--
Thiago