PETR4 semanal, uma mistura de tendências

às 1:03 PM Posted by Investmaníacos under

Como falamos ontem, hoje estamos publicando um gráfico semanal da PETR4, com sua variação de preços desde 2005.

 

O interessante do gráfico acima é que podemos observar as diferentes tendências que a ação apresentou nestes anos.

 

Cronologicamente observamos:

 

Julho de 2005 até Junho de 2006: Linha de Tendência de Alta (LTA) respeitada até seu rompimento em Junho de 2006.

 

Junho de 2006 até Setembro de 2007: Após sofrer uma rápida realização, a Petro voltou a subir e formou um canal de alta indicando a manutenção da tendência de alta da ação.

 

Setembro de 2007 até Dezembro de 2007: Apesar de não estar representada por uma LTA, em Setembro de 2007 a ação rompeu a resistência do canal de alta e acelerou seu movimento até atingir sua máxima cotação histórica até então em R$ 40,70.

 

Dezembro de 2007 até Abril de 2008: Após atingir a região próxima aos R$ 41,00, o papel sofreu uma realização e formou um canal lateral, mostrando uma tendência indefinida. Neste período a ação ficou oscilando entre o suporte do canal (linha inferior) na zona dos R$ 31,00 e a resistência do canal (linha superior) na região dos R$ 41,00.

 

Maio de 2008: Este mês foi "o mês da vida" da PETR4. Ao mesmo tempo em que a ação atingiu a sua máxima cotação histórica em R$ 49,79, teve inicio a crise hipotecária americana e a ação iniciou seu "mergulho ao fundo do mar", também conhecido como Pré-sal.

 

Junho de 2008 até Novembro de 2008: Estes meses foram os meses do pânico. Quem viveu este período (no mercado financeiro) sabe o que foi.

E como mostramos no gráfico, tudo que a ação subiu em 2 anos, caiu em 6 meses!!!

De forma vertiginosa, no meio das incertezas da crise americana, a Petro desabou, assim como todas as ações da bolsa brasileira, e atingiu a região dos R$ 15,00. Que loucura!!!
 

Dezembro de 2008 até Junho de 2009: Após atingir o fundo do poço na região dos R$ 15,00, passar a última semana de Novembro e a primeira semana dezembro de 2008 na  indecisão, o papel finalmente começou um reação. UFA!!!

A partir de metade de Dezembro de 2008 a reação ganhou fora e acelerou  a partir de Janeiro de 2009.

Neste período, até Junho de 2009, a ação definitivamente deixou a crise de lado e voltou a ser negociada na região dos R$ 30,00. Uma alta de aproximadamente 100% desde o fundo do poço dos R$ 15,00.

 

Junho de 2009 até Maio de 2010:  Desde de Junho de 2009 até o pregão de ontem, a ação está oscilando dentro de um canal de alta, respeitando sua região de suporte/resistência. Até romper um dos lados do canal, a tend6encia é de alta.

 

E a partir de Maio de 2010?!?!

 

Bem, aí é futurologia e nós não temos bola de cristal ou coisa do gênero.

 

Pelo que indica o canal de alta, se não for perdido - atualmente a Petro está sendo negociada nesta região – a tendência continua de alta.

 

Se romper o suporte do canal (linha inferior), o suporte imediato pelo gráfico semanal é a zona dos R$ 30,50. Depois tem suporte em R$ 28,20.

 

Resistência imediata na zona dos R$ 34,30, dentro do canal de alta.

 
E aí, gostou da análise??? Então escreva para nós, pois queremos saber sua opinião.
 
Um grande abraço a todos,
 

Investmaníacos, 04 de Maio de 2010


http://investmaniacos.blogspot.com

3 comentários:

On 4 de maio de 2010 21:38 , RECUR$O FINANCEIRO disse...

A PETR já pretendia alta desde abril, mas de lá pra cá só está caindo. Além da bolsa em baixa não tem motivo fudamentalista para o crescimento. Acredito que chegue nos R$28,20 como dito na notícia.
Como eu também não tenho bola de cristal, fica ai minha opinião...

 
On 5 de maio de 2010 06:01 , Lydia disse...

Hi, nice blog & good post. You have beautifully maintained it, you must try this website which really helps to increase your traffic. hope u have a wonderful day & awaiting for more new post. Keep Blogging!

 
On 5 de maio de 2010 22:08 , Adelar S.Q. disse...

Também acho que chega a 28,20, e volta à tendência de alta logo em seguida.